Série cases – Troca de chaves corta-circuito e muflas

jan 9, 2018 0 Comentários Dentro Sem categoria
Série cases – Troca de chaves corta-circuito e muflas
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Esta semana, trago um case da Transformadores Jundiaí referente a mais um atendimento de emergência realizado no pipe shop (espaço para fabricação, entre outros materiais, de estruturas metálicas e tubulações) de uma indústria de produtos químicos, localizada no interior de São Paulo.

Após a TJ inspecionar e realizar as medições de praxe no transformador 13.800 V (com óleo mineral isolante), cabos, chaves e muflas do local, foi produzido um relatório que evidenciou que alguns valores encontrados não estavam em conformidade com os recomendados para operacionalidade de sistemas elétricos nesta classe de tensão. Tais componentes perdem isolação devido ao tempo de uso, perda de vida útil, sobretensões e sobrecarga do sistema, poluição do ambiente onde ficam instalados e descargas atmosféricas.

A partir desta análise, verificou-se a necessidade de se substituir as chaves corta-circuito Matheus e muflas.


Relatório


– para realizar qualquer inspeção, o circuito é desligado;

– com equipamentos especiais foi verificada a ausência de tensão;

– realização de impedimentos, bloqueios, aterramento temporário e sinalizações;

– cumpridas as etapas de segurança, foram executados os serviços de reparo e restabelecimento do sistema operacional;

– após executadas as trocas de componentes, foi realizada uma inspeção para verificar as condições de instalação dos componentes trocados;

– as substituições e instalações de muflas requerem que sejam observados procedimentos específicos e cuidadosos com este componente.


As trocas foram feitas e, em seguida, novos testes foram realizados:


  • resistência de isolamento de cabos e muflas;
  • resistência de contato de chave seccionadora;
  • ensaios de relação de transformação (TTR), resistência ôhmica dos enrolamentos e resistência de isolamento (Megger) no transformador;
  • retirada de amostra e ensaios em óleo mineral isolante do transformador;
  • verificação e inspeção antes e depois da energização;
  • remoção dos aterramentos temporários, bloqueios, impedimentos e sinalizações;
  • energização.

Diante da normalidade restabelecida, das novas inspeções, verificações e ensaios com resultados satisfatórios, o serviço foi concluído.

Ocorrências desta natureza podem ser minimizadas executando manutenções periódicas anuais nos sistemas de entrada, transmissão e geração de energia elétrica.


O atendimento foi todo realizado de acordo com as normas técnicas e legislação vigentes e os profissionais da TJ fizeram uso dos Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva (EPIs e EPCs) em todas as etapas.


Saiba mais sobre as normas técnicas brasileiras aqui: https://goo.gl/ZdYPqb

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Responder

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.