Instalação de geradores

mar 14, 2017 0 Comentários Dentro Montagens Elétricas
Instalação de geradores
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Os geradores são equipamentos responsáveis por fornecer energia elétrica para um estabelecimento quando o fornecimento da rede pública é interrompido. Podem ser usados em residências, comércio, hospitais, eventos, hotéis e indústrias.

Formados por motor, alternador, sistema de combustível, regulador de tensão, sistema de exaustão, sistema de lubrificação, bateria, painel de controle e conjunto principal, os geradores funcionam com a partida do motor e queima de óleo diesel, por exemplo, que converte a energia mecânica em elétrica.

O tipo de gerador utilizado em um local é determinado a partir do dimensionamento, carga real atual e carga a ser expandida no futuro. Os tanques de combustível que integram estes equipamentos têm tamanhos diferentes, mas geralmente comportam quantidade suficiente para garantir entre duas e 24 horas de abastecimento e podem ser reabastecidos.

Para saber qual é a capacidade de um gerador é realizado um cálculo de demanda, ou seja, uma estimativa que usa a potência instalada – dos aparelhos, iluminação e equipamentos elétricos – e a potência desejada após a alteração do projeto elétrico. Este cálculo é feito com base em normas brasileiras e segue requisitos específicos para diferentes tipos de instalações. Os geradores podem ser definidos apenas para cargas prioritárias do estabelecimento, dependendo da potência instalada e características do mesmo.

Instalação

Como todo serviço que envolve energia elétrica, os trabalhos devem ser realizados por profissionais experientes e empresas especializadas, a fim de garantir a segurança e saúde dos envolvidos.

Analisadas as condições da infraestrutura para alimentação de cargas, encaminhamento de fiação, quadros de alimentação e necessidade de instalação de transformadores, o cliente que terá um gerador instalado deve fornecer as medições das grandezas elétricas para que o projeto elétrico possa ser elaborado. Cada projeto e instalação tem suas peculiaridades, pois é formatado de acordo com o equipamento; neste caso, um gerador e cargas a serem alimentadas.

A partir da elaboração do projeto de instalação de gerador, tem início a colocação do painel QTA (Quadro de Transferência Automática), fixação de eletrodutos de cabos do gerador, montagens de disjuntores, fixação de eletrocalhas e lançamento de cabos do gerador até o disjuntor de proteção e painel QTA.

Devem ser consideradas também as bases de montagem em função do tamanho e peso do gerador. E deve-se dar especial atenção ao sistema de exaustão (escapamento) do gerador.

Em seguida, vem a alimentação do painel QGBT (Quadro Geral de Baixa Tensão), onde estão definidas todas as cargas requeridas para serem alimentadas pelo gerador.

Todas as etapas dos serviços observam e atendem os critérios de segurança e respeito ao meio ambiente e após o término é emitida a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) pelo engenheiro responsável.

Ressalta-se que instalações de geradores requerem homologação da concessionária de energia elétrica da região onde está situado o estabelecimento que receberá o equipamento.


Geração distribuída

Existe um sistema chamado Compensação de Energia Elétrica, instalado em geradores de unidades consumidoras que fazem troca de energia com a distribuidora local. Este sistema é permitido apenas para consumidores que utilizem geradores de fonte incentivadas de energia (hídrica, solar, biomassa, eólica, cogeração qualificada), cadastradas na concessionária da cidade.

Podem solicitar este tipo de sistema os clientes de média e baixa tensão, mono, bi ou trifásicos, em instalações residenciais, comerciais ou industriais.

Veja exemplos de tipos de geração distribuída:

* microgeração: central geradora de energia elétrica, com potência instalada menor ou igual a 75 Kw;

* minigeração: central geradora de energia elétrica, com potência instalada superior a 75 kW e menor ou igual a 3 MW para fontes hídricas ou menor ou igual a 5 MW para cogeração qualificada.

Algumas informações importantes sobre geradores para usuários:

– não ligue geradores em ambientes fechados, apenas em locais bem-ventilados para que o motor seja resfriado e as pessoas não aspirem a fumaça produzida;

– mantenha-o limpo e encapado quando não estiver em uso;

– respeite a capacidade máxima de potência do gerador;

– não insira combustível no gerador quando o mesmo estiver sendo usado;

– não armazene o combustível do gerador em locais fechados, como dentro de casa;

– o gerador precisa de manutenção periódica, em que é realizada a troca de óleo e componentes;

– os geradores devem ser ligados periodicamente, conforme recomendação do fabricante, para garantir o funcionamento dos mesmos nos momentos requeridos.

Rafael Simão, gerente técnico da Transformadores Jundiaí

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Responder

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.